sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Ter as Costas da Barbie ou Encarar a Vida de Frente?


Li que na Inglaterra a nova moda agora é a "Barbie Back":

Mulheres estão em busca de "covinhas" logo acima do bumbum, iguais às da boneca, nas costas.

Segundo o "The Telegraph", um cirurgião britânico cobra 2 mil Euros pela cirurgia:

Por oito mil reais, estão fazendo as costas da Barbie na mulherada.

Aqui no Brasil, A modelo Andressa Urach apresenta quadro "estável" e "melhora significativa", após uma infecção causada pela aplicação de hidrogel nas pernas, procedimento que foi realizado há cerca de cinco anos.

Ainda não há previsão de alta dela - A menina quase morreu, por isso.

Vários casos de aplicação de injeções desse tipo, inclusive por gente não habilitada, tem levado á morte meninas que querem ficar parecidas com suas atrizes, cantoras, ou bonecas favoritas...

O engraçado é que a Mattel, empresa responsável pela boneca, disse que as formas da Barbie nunca foram criadas com a intenção de criar um padrão de beleza:

"Ela foi feita, na verdade, para que as garotas vestissem e despissem as roupas da boneca, com mais facilidade”, defendeu a designer Kim Culmone, vice-presidente da Mattel em entrevista para o site “Fast Company Design”.

Essa foi a primeira vez que a empresa se pronunciou sobre a polêmica, após um turbilhão de estatísticas acusando a Barbie de causar danos psicológicos nos jovens:

Um estudo realizado pela Universidade de Sussex, da própria Inglaterra, em 2006, concluiu que bonecas muito magras podem fazer com que as crianças criem uma distorção da imagem corporal, correndo mais risco de sofrerem algum transtorno alimentar.

Já o site “Rehabs” mostrou que as medidas da Barbie, 91cm de busto, 40cm de cintura e 83cm de quadril, estaria abaixo do índice de massa corporal para que uma mulher conseguisse menstruar:

Ela nem estaria viva - Só teria espaço para acomodar metade de um fígado e poucos centímetros de intestino.

Não queira ter um corpo de boneca:

Você não é de plástico.

E ao começar a querer imitar tanto a boneca, quanto a quem vive fazendo cirurgias plásticas para parecer uma eterna boneca, você se tornará plástica de alma, vazia, preocupada só com aparências, photoshops...

Irá ter que colocar botox de 4 em 4 meses, virando escrava de consultórios dermatológicos...

Celulite não é fim de mundo;

Rugas, são linhas que contam a nossa história;

E bunda, só serve pra sentar.

Quem se neurotiza com seu corpo, além dos cuidados básicos com a alimentação e exercícios, viverá só para isso, e de sua boca, só fluirá esse tipo de conversa chata...

A vida é bem mais que o mundinho perfeito da Barbie:

Não tenha as costas dela...

A vida, a gente encara de frente.

Lee