domingo, 28 de junho de 2015

Despedida


Despedir-se é uma das coisas mais difíceis que se pode ter.

Talvez por isso, nos evangelhos, vemos que Jesus várias vezes apenas se levantava, e ia embora para determinada cidade, sem dar satisfação a ninguém(os discípulos imediatos não tinham nenhum roteiro prévio), e assim não havia fila de despedidas, das pessoas que por ele foram atendidas;

Quando via que os fariseus tentavam matá-lo, ele ia embora ;

Quando não era bem recebido em determinada cidade, também ia embora logo.

Assim, nos 3 casos acima aprendemos:

1- Ele não dava brecha para o orgulho, depois das coisas que fazia em determinados locais - curas, milagres (multiplicação dos pães, etc). Nada de superstar gospel - A glória era do Pai.

2- Livrar se do perigo. Se houvesse fila de despedida, era esfaqueado ali mesmo. Vejo muita gente que flerta com o perigo, para apenas se despedir (último salto com moto, mergulho, vôo livre, luta, etc;

3- Frieza de pessoas. Jesus deixou de fazer milagres pela falta de fé, frieza, ou descaso das pessoas com ele. " Não é este o carpinteiro? " (Mateus 13.55).Simplesmente foi embora, sem falar nada com ninguém.

Jesus sabia que a questão da despedida é um negócio complicado para os homens.

Morte - Quando as irmãs de Lázaro, amigo dele, o chamaram, e ele chegou a cidade, ao ver o clima por lá, ele mesmo chorou;

E foi difícil botar na cabeça dos discípulos que fazia parte da missão dele uma..crucificação.

Na última ceia...quer clima mais deprê que na "última ceia", revelar um traidor?

Sofremos até mesmo por nossos animais de estimação. Fiquei mal 15 dias, após ficar com meu cachorro por dez anos, e vê-lo morrer de doença.

Não gosto de despedidas. De todo local que saí, fui embora sem me despedir, sem aviso prévio, nada - Só perceberam depois que não me viam.

Um dos motivos é que a tristeza das pessoas, pode influenciar em nossa decisão de partir, por exemplo, e adiar apenas algo inadiável.

Sem despedidas,

Lee